Spalletti: Nós temos que aproveitar nossa chance.
Adicionado | Autor Rafael Sanches | Comentários

O treinador do Zenit explicou durante a conferência de imprensa porque Hulk não jogará e falou sobre o desafio que o Zenit enfrenta nesta nova temporada europeia. 

- Hulk veio a Portugal. Ele vai jogar?

-Ele não poderá jogar. Mas ele não é o único que veio e não jogará. Nem Neto, nem Ansaldi poderão jogar. Eles vão treinar conosco, mas não poderão participar da partida.

-O Hulk ficará fora por muito tempo? Quando ele voltará?

-Nós temos que ser cuidadosos com nossa avaliação e não agir apressadamente. Ele é muito forte, com músculos muito grandes; nós temos que ser cuidadosos com eles. Ele já teve uma contusão muscular. Não vamos nos apressar com previsões. Nós falaremos sobre isso quando ele estiver recuperado.

- O que você sabe sobre o Paços? Como você avalia as suas chances? O Zenit é de fato o favorito?

- Nós estudamos o oponente o máximo possível. Nós assistimos a última partida. O time mudou muito comparado à última temporada; perderam 3 ou 4 jogadores principais, mas não perderam o espírito da última temporada. O clube possui ótimos treinadores que vão prepará-lo corretamente para nos enfrentar. Isto é Champions League, então quando falamos sobre nossas chances, nós podemos apenas dizer 50:50.

- A mídia portuguesa tem falado que o Zenit está interessado no Sávio, do Benfica. É verdade?

-Tudo que posso falar é que realmente o observamos. Não tenho nenhuma informação além disso. Tudo que posso dizer é que ele é um bom jogador.

-O Zenit obteve uma importante vitória frente ao Porto no estádio do Dragão e avançou para o mata-mata. Como você se sente com a próxima partida? Você é supersticioso?

- Com certeza é muito bom voltar para lugares que nos trazem ótimas memórias. É muito bom voltar para esta linda cidade e estádio. Sobre superstições, você não pode tê-las no futebol. As únicas coisas que podem nos trazer a vitória são o nosso time no campo, o modo como nossos jogadores lidam com o oponente, o espírito que eles têm em campo e o quão confiante eles estão em suas habilidades. Nós só podemos mostrar o quanto somos capazes de avançar dentro de campo, então não existe lógica alguma para falar de superstição.

- O Zenit joga muito bem em casa, mas tem poucas vitórias fora. Como você explica isso?

-No meu ponto de vista, você está falando de como somos dependentes da nossa falta de experiência jogando difíceis partidas em grandes torneios europeus. Mas neste momento, nós estamos esperando uma melhora nesse aspecto. Nós podemos dizer que tivemos nosso aquecimento. Nós temos jogado frequentemente desde que eu comecei a trabalhar aqui, então estou esperando um passo à frente. Como eu disse, esta é uma grande oportunidade para nós – jogar em um dos torneios mais importantes do mundo. Eu acho que o fato de estarmos perto de uma vaga na fase de grupos é um grande estímulo para nós. Não existem oportunidades como essa com frequência. Muitos clubes fortes não chegam a Champions League. Mas se tivermos essa oportunidade, nós devemos aproveitá-la. Esta é a nossa chance, que é valiosa, e nós devemos usá-la.

- Você manteve Hubocan e Anyukov intencionalmente sem jogar para participarem na partida frente ao Paços? Eles jogarão amanhã?

-Hubocan está totalmente recuperado de sua lesão. Nós decidimos não arriscar sua recuperação na última partida, sabendo que o Neto não participaria desta partida. Anyukov sofreu uma pequena lesão que não o permitiu estar 100%, mas eu espero que ele se recupere completamente e se ele estiver pronto para jogo, então será uma grande ajuda, porque eu nunca duvidei de suas habilidades. 

Voltar a lista