André Villas-Boas: O que precisamos é de um pouco de pressão antes do jogo.
Adicionado | Autor Rafael Sanches | Comentários

O treinador falou sobre a partida contra o Lyon, a contusão de Garay e seu desejo de conquistar seu sonho e chegar ao mata-mata.

- Quem não jogará a partida? Qual é a situação física do Hulk?
Hulk está pronto e, inclusive, já treinou. Garay está machucado e não participará do jogo.Todos os outros estão prontos.

- O que você pode falar sobre a colocação do clube no grupo?
Sim, todas as condições nos favorecem e nós queremos nos classificar logo. O Lyon não tem nada a perder e nós queremos voltar para casa com pelo menos 1 ponto. Nós estamos prontos para o jogo. Mas nós ainda precisamos de um pouco de pressão para atingir nosso objetivo e classificar.

-Hubert Fournier,treinador do Lyon, disse que somente se jogarem o seu melhor será possível vencer o Zenit. E o Zenit?
Sim, nas últimas partidas no campeonato francês o Lyon conseguiu 2 vitórias, que ajudam o time a ganhar confiança. Nós temos alternado entre grande e quase boas performances. Houve grandes jogos e houve o Mordovia, mas na Champions league nos sentimos confortaveis.

- É a segunda vez que você vem até aqui. Como, em sua opinião, o Lyon mudou? E por que os clubes franceses não têm tido bons resultados em torneios europeus recentemente?
Anteriormente nós vimos um Lyon um tanto quanto diferente. Ultimamente eles tiveram altos e baixos, mas, no geral, eles sempre estão competitivos em sua liga nacional. O Lyon sempre teve uma ótima estrutura e um grande time. Mas com a chegada do PSG com muito dinheiro, ficou complicado de competir. Entretanto, eles ainda conseguem ir bem na liga. Na europa, há muitas razões. Nunca foi fácil. É dificil explicar o porquê. Talvez seja a inexperiência dos jogadores - Jovens franceses são muito talentosos. Talvez o sucesso do PSG ajudará outros times. E eu espero que grandes clubes como Lyon, Marseille e Monaco irão retornar ao topo.

- Sabido que você trabalhou por muitos anos com José Mourinho, o que você pode dizer sobre a situação que ele enfrenta no Chelsea?
Sabe, é dificil falar sobre essa situação. Eu mesmo já estive em tais circunstancias, quando você entra em um círculo vicioso de derrotas. Mas José consegue sair. Ele é um dos pioneiros portugueses e conseguirá sair como vencedor.

- Zenit jogava uma partida por semana antes da champions league e agora joga duas por semana. Isso é um problema?
Não. Quanto mais, melhor. E isso nos ajudou na última temporada e também ajudou o CSKA. Tinhamos 10 pontos de vantagem e este ano é o contrário. Quando você joga duas vezes, não sente que treinou demais. Nós precisamos de jogos durante a semana. É melhor para os jogadores. Significa que nós não treinamos apenas por treinar. Mas eu não acho que a razão dos nossos resultados na liga russa esteja relacionado à quantidade de jogos. A razão é a falta de sorte e ineficiência quando estamos cara-a-cara com o gol.

- Você falou em inglês e francês hoje. Você poderia falar algumas palavras em russo?
Eu não consigo falar russo. É minha culpa. Eu não comecei a estudar logo que cheguei,já que o trabalho não me permitiu. Mil desculpas.

Voltar a lista